Seleção da Décima Rodada do Brasileirão 2015

1 - Fabio (Cruzeiro): Com oito grandes defesas, evitou uma goleada gremista na arena. Nota: 8,5.

2 - Patric (Atlético Mineiro): Seguro na marcação e providencial no setor ofensivo, dando as duas assistências para Thiago Ribeiro marcar os dois gols do jogo. Nota: 8,5.

3 - Gustavo (Atlético Paranaense): Foi bem na defesa, principalmente quando salvou uma bola em cima da linha no chute de Ganso. Marcou o primeiro gol do clube. Nota: 8,5.

4 - Gil (Corinthians): Assim como Gustavo, também salvou seu clube tirando uma bola em cima da linha. Fez muitos desarmes e cortes. Nota: 7,5.

5 - Paulo Roberto (Figueirense): Tem sérios problemas técnicos, mas contribuiu muito ao time e é  raçudo. Marcou um belíssimo gol ao roubar a bola, passar por um adversário e finalizar. Nota: 8.

6 - Egídio (Palmeiras): Dando sequência a boa fase, participou bastante da partida e fez uma sólida partida defensiva. Participou do segundo gol e marcou o primeiro. Nota: 8.

7 - Emerson Sheik (Flamengo): Parecia um garoto de 20 anos, correndo muito, mostrando raça e vontade. Foi o nome do jogo e ainda fez o gol da vitória. Nota: 8.

8 - Jadson (Corinthians): Foi o maestro do time, carregando a bola, ligando contra-ataques e dando bons passes. Marcou um gol e deu a assistência para outro. Nota: 8,5.

9 - André (Sport): Fez o que um atacante precisa, marcar gols. O primeiro foi de pênalti e no segundo tabelou com Régis e finalizou com categoria. Nota: 8.

10 - Douglas (Grêmio): Brilhou, com lances geniais. Deu dribles bonitos, passes e lançamentos. De pênalti, marcou o gol do jogo. Nota: 8.

11 - Thiago Ribeiro (Atlético Mineiro): Deu dribles, bons passes e se movimentou muito. Com a pontaria em dia, acertou duas boas finalizações e "matou" o jogo. Nota: 9.

TÉCNICO: Celso Roth (Vasco): Neutralizou as laterais do Avaí e fez o time jogar no erro do adversário, que com fragilidade na saída de bola ficou desnorteado no segundo tempo. Acertou na alteração que proporcionou a Biancucchi seu primeiro gol pelo clube. Nota: 7,5.


Blog C. Fernando

Administrador; 26 anos; Católico; Apaixonado por Eduarda Guidarini; Fanático por futebol; Futebol bonito não é melhor que o eficiente; Penalti não é loteria, mas sim treinamento e competência; Torcedor do Avaí, Real Madrid e Fiorentina.

0 comentários: