Seleção da Trigésima Rodada do Brasileirão 2015

1 - Agenor (Joinville): Mesmo cometendo um pênalti na partida, foi o principal responsável pelo triunfo. Fez quatro "defesaças", inclusive defendeu uma penalidade no início do jogo. Nota: 8,5.

2 - Marcos Rocha (Atlético Mineiro): Não participou tanto quanto participa normalmente do jogo, mas marcou o gol da vitória e não comprometeu na defesa. Nota: 7,5.

3 - Renato Chaves (Ponte Preta): Uma partida épica, cortando os perigos causados pelo ataque do Palmeiras. Marcou com eficiência, desarmou e levou a melhor quase sempre. Nota: 8,5.

4 - Edu Dracena (Corinthians): Há muito tempo não tinha uma atuação tão boa. Foi muito bem na defesa, cortando lances providenciais e desarmando. Marcou o primeiro gol do time. Nota: 8,5.

5 - Leandro Donizete (Atlético Mineiro): Foi impecável na marcação e nos desarmes. Ainda teve um bom papel ajudando da criação de jogadas, com bons passes. Nota: 8,5.

6 - Juninho (Figueirense): No setor defensivo teve sucesso na marcação. Suas subidas ao ataque foram importantes pro time, puxando contra-ataques, dando dribles e bons passes. Nota: 8.

7 - Marcos Júnior (Fluminense): Movimentou-se o tempo todo, participando da criação das jogadas. Marcou um belo gol. Nota: 8,5.

8 - Jadson (Corinthians): Passes e lançamentos geniais, dribles e muito mais. Diante do Goiás, o meia deu duas assistências e vem se consolidando como o melhor jogador do campeonato. Nota: 9.

9 - André (Sport): Com a entrada de Régis, começou a participar mais do jogo, já que a bola estava chegando mais ao ataque. Marcou dois gols e definiu a goleada. Nota: 8,5.

10 - Marcelinho Paraíba (Joinville): Abriu o placar e deu a assistência para o segundo. Cadenciou o jogo e administrou o resultado. Nota: 8,5.

11 - Clayton (Figueirense): Chamou a responsabilidade e "acabou" com o jogo. Marcou dois gols. Nota: 8,5.

TÉCNICO: Falcão (Sport): Com o jogo 0x0 no intervalo, procurou fazer alterações e mudar a situação. Colocando Régis no jogo, mudou o panorama e ainda goleou. Nota: 8.


Blog C. Fernando

Administrador; 26 anos; Católico; Apaixonado por Eduarda Guidarini; Fanático por futebol; Futebol bonito não é melhor que o eficiente; Penalti não é loteria, mas sim treinamento e competência; Torcedor do Avaí, Real Madrid e Fiorentina.

0 comentários: